domingo, 14 de novembro de 2010

Comeco de Inverno

A longa distancia posso ver as montanhas se transformando com a chegada dos frios tempos.O pensamento voa imaginando a dimensao exata do pequeno pedaco verde amarelado que consigo ver atraves da janela. Nao posso ver o topo escondido pelas nuvens e neblina,mas percebo algumas linhas brancas descendo como sorvete derretendo na casquinha:neve. Mais um mes e estara alcancando as casas.Familias tradicionais japonesas se aglomerarao a volta de seus kotatsus em frente a tv, tomando misoshiro ou cha verde para se aquecer. Outros, se enrolarao em seus cobertores,na frente do estobo,tomando cafe ou chocolate quente. Faco parte da ultima turma, mas gosto de misoshiro, tonjiro, cha verde e nabe. E nao dispenso um delicioso sukyaki, para lembrar meus distantes tempos de quermesse no interior de SP, repleto de japoneses e seus descendentes, que com muito custo tentam preservar a cultura niponica, mesmo estando fora de seu Pais e mesmo tendo seus descendentes misturados a outras nacionalidades e culturas. Sei que pra eles eh importante,para nao perder a identidade. Mas apenas agora, vivendo fora, compreendo e ate aceito essa desculpa.
Viver fora eh uma decisao muito dificil.

segunda-feira, 18 de outubro de 2010

Incendio II

Amanha, treinamento contra incendio e terremoto..Toda comunidade tem periodicamente, treinamento sobre como agir em casos como esses, e o abrigo mais perto da sua casa. Em casos de incendio, todos devem saber como usar um extintor de incendio e os tipos de extintores existentes. O treinamento esclarece a populacao sobre detalhes, como por exemplo, que a agua e condutor de fogo em casos de combustiveis e oleos.Nesse tipo de incendio usa-se extintor de espuma. Claro que o Brasil tambem possui o mesmo tipo de prevencao e combate, porem, nao se ha o costume de instruir a populacao sobre o uso correto. Em casos de terremoto, o abrigo fica a ceu aberto num descampado, sem arvores, postes ou predios por perto. A populacao eh instruida a nao usar carro ( soh em ultima necessidade ), e as escolas e creches tambem tem um esquema preparado para casos como esses, onde para nao congestionar a linha telefonica, um pai liga para o outro, e passando as instrucoes que vem da escola para em seguida ir buscar seus filhos.As creches fazem esse tipo de treinamento uma vez ao ano com os pais e alunos.
A parte, em casos de terremotos, todos os municipes sao instruidos a ter uma sacola de emergencia em casa, deixada em lugar de facil acesso, e que contenha 1 lanterna, 1 radio, alguns itens de primeiros socorros, agua, comida enlatada, apito...Existem no mercado varios tipos de sacolas de emergencia, alguns incluem capas termicas, capacete...
Para os estrangeiros vale lembrar que o passaporte deve estar sempre a mao.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Incendio

A sirene acabou de tocar..sao 1 e 22 da manha, na hora, um sobressalto, sera terremoto? Em cidades pequenas como a que eu moro, existe um sistema de megafone instalado em todos os bairros, e cada bairro tem um responsavel por uma pequena brigada e em casos de incendio, a sirene toca, o responsavel pelo comunicado avisa pelo megafone o que esta acontecendo, convoca os responsaveis pelas pequenas brigadas e a populacao acaba tomando conhecimento do local e ate mesmo o nome dos moradores da casa que esta incendiando. Dessa forma, o incendio eh rapidamente controlado, e os vizinhos do local onde esta pegando fogo tem tempo para desocupar a casa e procurar abrigo ate segunda ordem... Da minha casa ouco o barulho das sirenes dos pequenos caminhoes do Corpo de Bombeiros. As casas por obrigatoriedade tem que ter detector de gas e fogo em todos os comodos, o que eh muito util em casos de incendio, principalmente na madrugada quando todos estao dormindo, e o detector comeca a disparar uma mensagem gravada : KAJI DESU!KAJI DESU!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Japones?

Eh comum no Brasil, descendentes de japoneses serem chamados ( e considerados ) japoneses, afinal sao filhos de japoneses nativos. Porem, ao chegar aqui no Japao, mesmo com cara de japones, falando ou nao a lingua japonesa, somos brasileiros. Claro..somos brasileiros! Ha uma diferenca entre nascer ou nao aqui no Japao e ser registrado ou nao aqui. Por exemplo: pela Constituicao Brasileira, nasceu em solo brasileiro eh brasileiro.Em caso de estrangeiros, como meu avo que eh japones, deveria ter registrado meu pai no Consulado Japones mais perto, para que meu pai tambem tivesse nacionalidade japonesa, afinal, ele eh filho de japoneses. Como isso nao foi feito, meu pai tem nacionalidade ( kokuseki ) brasileira, mesmo sendo filho de japoneses, e tendo cara de japones, e sendo chamado e considerado japones por todos no Brasil...mas chegando aqui a historia muda. Meu pai eh brasileiro, nissei e eu por ser neta de japoneses sou sansei. O sentimento se confunde porque a gente carrega uma historia, mas chegando aqui, sou apenas mais uma brasileira dos milhares que vieram tentar a vida pelas terrinhas do sol nascente. Aqui, o estrangeiro que nasce em solo japones eh estrangeiro em transito, devendo providenciar visto e passaporte como todo estrangeiro. Eh equivocado dizer que filho de brasileiro que nasceu no Japao eh japones...eh brasileiro!

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Formacao...ordem!

Parece coisa de quartel..mas e assim que comecam as aulas todos os dias no curso tecnico de computacao. Por semana um aluno eh escolhido por ordem de chamada, e nessa semana ele eh incumbido da saudacao matutina. Shitsuke( Todos levantam)! Rei( Todos abaixam a cabeca)! Onegaishimasu...( Pedimos por favor ao professor {que nos ensine, nos esclareca, nos oriente, costume japones } )
No final, mesma coisa, porem, nos despedimos: Shitsuke( Todos levantam)! Rei(Todos abaixam a cabeca)! Arigatougozaimashita!(Muito obrigado) Otsukaresamadeshita! (Bom descanso).

Pra eles eh uma questao de disciplina. No comeco eu estranhava um pouco, mas lembrando que sou professora formada no Brasil e lendo semanalmente as noticias de confusoes em salas de aula, abusos por parte de professores, alunos, professores despreparados, alunos que nao respeitam seus professores, sua escola e o ambiente onde passam a maior parte de suas vidas, fica facil de acostumar.

Cursos profissionalizantes no Japao

O estrangeiro que queira se matricular num curso profissionalizante oferecido pelas agencias de emprego no Japao ( Hello Work ), devem procurar se informar sobre os cursos disponiveis na agencia de emprego da sua cidade. Existem varios cursos disponiveis dependendo do interesse. Eh preciso estar desempregado e em alguns casos nao estar recebendo qualquer ajuda como seguro desemprego( koyou hoken) ou de sobrevivencia(seikatsu hougou). Em alguns lugares com grande concentracao de brasileiros, como Nagoya por exemplo, existem cursos que dispoem de tradutores. No auge da crise financeira do Japao, muitas cidades disponibilizaram cursos com a presenca de tradutores, porem, em cidades pequenas como a que eu moro, sao raros os cursos que dispoem desse recurso que ajudou muito nossos conterraneos.
Depois da candidatura, existe o processo de selecao, que inclui entrevista. Em alguns casos, eh preciso se submeter a uma prova escrita simples e de agilidade no caso do curso de computacao. No curso de helper, depois de aprovado, o candidato se submete ainda a exames de raio-X , pois no trato com os idosos, problemas de saude respiratorios e que possam ser transmitidos para os idosos impossibilita o estagio nos hospitais.
Os cursos tem duracao de 2, 3, 6 meses e ate um ano, dependendo. Cursos de japones tiveram duracao de 2 a 3 meses, no periodo da manha ou tarde. Curso de helper teve carga horaria integral, das 9 as 16:00 hrs e de computacao de 8:50 as 16:10 ( mas tem a limpeza diaria que leva em media 20 minutos, e que eh obrigatoria ).

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

James

video

Sentada num local publico, vendo a apresentação de um grupo de taiko, tive a surpresa de encontrar esse brasileiro,fazendo um show de malabarismos numa BMX e em várias bicicletas menores ( uma ele tirou da mala, e andou nela!) Pesquisei na internet e até achei algumas matérias e um blog falando sobre ele. Admiro a capacidade que tem o brasileiro de se fazer presente em todo lugar que vá, em todos os países do mundo, sempre vai ter um brasileiro mostrando seu samba, sua capoeira, seu dom, sua inteligencia. Seria maravilhoso se fossem sempre bons exemplos, como esse ai , o James, que encontrou uma forma de interagir com a sociedade japonesa, mostrando um talento e falando de sua brasileirice, mesmo com essa cara de japones.Legal.

パソコン活用科 

Primeiro dia de aula. Primeiro nos foram apresentados os professores e pessoas ligadas ao curso que contribuem de alguma forma para a realização do mesmo.Depois, nos foram fornecidos (pagos) uniforme, tenis, sandalia para uso interno, e os livros de computação Windows Office 2007, CAD, IT passport ( que eu ainda tenho que descobrir o que significa )e um monte de regras os quais levamos a manhã toda para ouvir a explicação do professor. Teremos aula das 8:50 as 16:10, porém, só seremos liberados depois da limpeza diária do hall de entrada, corredores, escadas e tambem do banheiro feminino, pois de acordo com eles, somos na maioria mulheres, então...enfim, as 16:45 eu já estava a caminho de casa.
No período da tarde tivemos que nos apresentar ( todos ) uns aos outros, aqui isso se chama jikko shokai, e no curso anterior, cada um fez isso pelo menos umas 20 vezes! ( Cada vez que troca o professor, é solicitado que se faça a auto-apresentação ).
Depois das apresentações, tiramos na sorte quem seria o responsável pela turma, pelas atividades recreativas e pela segurança no pátio e arredores, inclusive do estacionamento. Não usar cinto de segurança é passivo de ser chamado a atenção.Tudo isso para estabelecer a ordem no local e também uma forma de promover a interação dos alunos, forçando uma interatividade.
O Japão é um País muito sistemático...tem seus prós e contras. O brasileiro estranha muito quando chega, mas com o tempo acostuma. O legal é ver a organização do local, a limpeza, o cuidado que as pessoas tem com o que é público. Agora...quanto ao curso...gambarimasu!

domingo, 3 de outubro de 2010

Nihongo Nouryoku Shiken 2010

Encerradas as inscrições no dia 1 de outubro para a prova que se realizará no primeiro domingo do mes de Dezembro. Agora é estudar e estudar muito! Boa sorte a todos os que se inscreveram! Aos que perderam o prazo de inscrição, fiquem atentos por volta de fevereiro já deverá estar vendendo o formulário de inscrição nas livrarias para nivel N1 e N2 ~( ouvi dizer que pode ter para N3 tambem ) e N4 e N5 as inscrições começam em agosto de 2011!

Auto Cad

Aproveitando a demanda de cursos profissionalizantes oferecidos pelo governo japones , tenho tentado me esforçar pra melhorar o nível de japones e me qualificar profissionalmente. Amanhã começo o curso de Auto Cad, com duração de 6 meses, período integral das 8 as 4 da tarde, 5 dias por semana, na Escola Técnica da minha cidade. A seleção constou de prova de agilidade manual e de raciocínio, solução de problemas, e entrevista. Eram 11 candidatos, e eu fiquei entre os 8 aprovados. Com muita alegria e um pouco de apreensão, estarei lá amanhã!
Aos brasileiros que estão no Japão gostaria de dizer que sempre que tiverem um tempinho sobrando, invistam em voces mesmos: mesmo que o conhecimento não lhe traga dinheiro, a satisfação pessoal vai ser o melhor premio, e terá gosto de vitória. Hoje em dia, ainda sentimos os efeitos da crise de 2 anos atrás, e emprego está raro de conseguir. Nihongo, carta e casa alugada por conta própria são alguns dos itens exigidos pelas empreiteiras na hora de conseguir um emprego.

sexta-feira, 2 de julho de 2010

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Visita a um lugar muito especial

Ontem eu e minha turma, todos estudantes do curso de Kaigo Fukushi promovido pelo atual governo do Japao, fomos dedicar algumas horas como voluntarios num asilo para idosos perto uns 3 kilometros da nossa escola..o combinado seria que alem de conhecer o local, iriamos ajudar limpando os vidros. No inicio fomos instruidos a nao conversar e nao fazer barulho, para nao incomodar os 70 internos , mas surpresa: os idosos, principalmente as senhoras, adoraram nossa visita! Vinham nos cumprimentar, puxando papo, falando de si mesmas e de como as vezes se sentiam tristes. Tinham um jeito doce de falar macio, olhando diretamente nos nossos olhos, coisa um pouco dificil entre os japoneses. Queriam atencao...carinho...queriam alguem pra conversar, que nao fosse entre eles, nem entre os funcionarios, queriam nos contar suas historias, suas experiencias de vida, seus anseios e tambem suas tristezas...
O tempo passou rapido demais....pra eles e pra nos...
Eu espero que o tempo me ensine a compreender mais a alma humana. Espero entender a tristeza e os momentos de alegria. Quero retribuir o carinho recebido, e quero aprender nesse curso todas as tecnicas que preciso para ser uma otima profissional, para me sentir realizada e feliz, podendo contribuir para a melhora da qualidade de vida deles, estarei melhorando a minha propria..eh reciproco, eh uma troca, e soh tenho a agradecer a Deus..por estar tendo essa oportunidade aqui no Japao, podendo um dia exercer o mesmo trabalho no Brasil,cuidando de idosos tao carentes de amor e atencao quanto de qualquer parte do mundo, assim como todas as pessoas se sentem sos no mundo um dia, em qualquer lugar e momento, e em qualquer idade.

Brasil x Portugal

Futebol eh paixao nacional...eu particularmente nao acompanho..talvez por nao entender das regras do jogo e nao ser assim tao fascinada como muitos brasileiros...mas torco para o nosso Brasil, oxi! O importante eh competir e se ganhar, melhor ainda!
Respeitando nosso adversario Portugal, e todos os portugueses e descendentes de portugueses que moram no Brasil e acredito, devem ficar com o coracao dividido, assistindo a partida...rs
Fico imaginando a festa que nao deve estar sendo feito nas ruas, pre-jogo...todo mundo de camiseta verde-amarela, uma fita, um bone, algo que demonstre que eh torcedor brasileiro, familias se reunindo em plena sexta-feira, no meio do dia, para assistir juntos a partida, amigos nos bares, tv nas calcadas, (mesmo de madrugada, quando tem jogo, ninguem dorme, esperando o jogo comecar)...lembro de quando tinha 13 anos, da festa que era sair com os pais, os amigos, dentro dos carros em passeata buzinando e gritando Brasil! E as fitas amarradas nas antenas dos carros...as bandeirinhas de papel, e as de pano nas janelas das casas, no final do dia churrasquinho que eh pra comemorar...
O brasileiro eh um povo caloroso, alegre, solidario...brasileiro gosta de compartilhar, dar risada, divertir-se e aos amigos e familiares. Estou longe, mas o coracao esta pertinho, acompanhando pela internet as noticias do futebol...
Gambare Brasil!!

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Rain * Creed

Pode me ajudar a sair..pode me dar uma mão?
É seguro dizer que estou preso novamente...
Preso entre essa vida e a luz...
Eu só ainda não sei como endireitar isso aqui..
Por mil vezes antes, eu queria saber se há algo mais

Eu sinto que irá chover por dias
Então deixe essa chuva cair e lavar tudo que há
Espero que amanhã o sol brilhe
Com todo amanhã começa uma outra vida
Eu sinto que irá chover por dias e dias...

Eu tentei descobrir, e não consegui entender
O que significa ser completo novamente
Preso entre as verdades e as consequencias
Nada é real, nada faz sentido

Então, chuva...caia...
e lave todo meu passado
Deixe a chuva cair sobre mim...

domingo, 13 de junho de 2010

Foto do Aniversario


Foto que eu estava devendo...nao preciso dizer que estava tudo delicioso!

Enquanto no Japao...

Verao eh sinonimo de Matsuri, onde todos querem exibir seus quimonos de verao, tao lindos! Comprar algodao doce na barraquinha, assistir shows de taiko e apresentacoes de danca folclorica e tambem ocidentais..Verao aqui eh sinonimo de Hana(花)bi(火)ou flor de fogo, nossos fogos de artificio, um pouco diferentes aqui, com muitas cores e formas. Compramos yakisoba e sentamos na grama esperando o espetaculo dos fogos comecar...E quando nao tem Matsuri, vamos tomar banho de rio, de piscina ( publica ), fazer piquenique no parque, e observar os vagalumes ( ?! )...Aqui perto da minha cidade construiram um parque e todo ano geralmente nessa epoca de Junho, enche de vagalumes! Eh algo tao simples, mas tao belo que a primeira vez que vi, senti que o ceu estava a alguns palmos da minha cabeca, e que se esticasse a mao poderia pegar as estrelas, de tanto vagalume que tinha! Simplesmente lindo...

Verao

Peco desculpas, pois novamente fiquei sem o teclado ocidental..mas devo corrigir isso nos proximos dias...
Hoje eu queria falar um pouco dessa estacao que eu adoro e que me traz muitas saudades...o verao...no meu Brasil o verao eh inesquecivel...epoca de chuvas torrenciais e trovoes assustadores( rs ), epoca de sentir o cheiro do barro molhado ( eeee Registrooo), de sentir o braco queimando dentro do carro e de perder muitos batons derretidos no console (! ). Verao me lembra Cananeia, Iguape, Ilha Comprida, Jureia...areia branquinha, caranguejo, ostra e cervejinha...tem tambem isca de peixe, huumm...
Dependendo do Prefeito, do tempo, da comunidade, la tem muita festa tambem , e o povo eh muito receptivo! Adoro!

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Final de semana

Bolo de Aniversario, beijinho, brigadeiro! Esse final de semana foi muito legal, nos reunimos na beira do Tenryu Gawa, bem do ladinho do parque do Dragão...aniversário duplo! A criançada brincou no parque, correu pra lá e pra cá, as mamães batendo papo, e a hora foi passando.... até que chegou a tarde, levantamos acampamento e nos despedimos já com saudade e gosto de quero mais! A foto dos bolinhos eu fico devendo mas vou pedir pra dona da festa e coloco aqui pra voces!

quinta-feira, 6 de maio de 2010

Saudades de que...

Todo dia bate aquela saudade gostosa do Brasil, e são inúmeras, que fica até dificil descrever... dá saudades daquela chuvinha de final de tarde e daquele mormaço dos dias de verão, de ir na *venda* e comprar um refrigereco ( isso mesmo, aqueles sem marca conhecida e nomes misturados), de ver aquela criançada brincando na rua, jogando queimada ou amontoados bolando uma travessura...e ainda tem o lado gastronomico : feijoada, lasanha, churrasco, docinhos, e frutas, muitas frutas tropicais a preços convidativos...não que aqui no Japão não tenha algumas dessas coisas que podemos comprar em lojas brasileiras, ou importadas no mercado, mas indefinidamente, não tem o mesmo sabor...talvez porque não degustamos junto com a familia, mãe, sogra, pai, madrasta, filhos, e agora genros, irmãos de sangue, irmãos de coração, vizinhos, amigos de infância, recém-amigos...TUDO, e todos fazem falta...Faz falta sair na rua e ouvir a lingua materna e entender tudo, faz falta ter alguém ali, se preocupando com voce, ou mesmo compartilhando momentos bons e alguns ruins também, porque isso alimenta o coracão...a solidariedade. Meu Brasil é um País de pessoas alegres, solidárias, e só precisa de um olhar mais atento da sociedade e do governo para a educação e a cultura para que ele seja cada vez melhor.

terça-feira, 4 de maio de 2010

Bicicletas no Japão

Quem usa bicicleta no Japão, além de se exercitar e contribuir para o meio ambiente, ainda economiza no combustível e não encontra dificuldade para estacionar. No Japão, a partir de Junho de 2008, novas regras impostas por lei, determinam o uso correto da bicicleta:
* Andar com farol apagado a noite gera multa de 50.000 yenes,
* Probido levar garupa,
* Beber e pedalar: pode ser preso por até 5 anos e multa de 1 milhão,
* Carregar 2 crianças na bicicleta, mesmo que com cadeirinha específica: multa de 20.000 yenes, ( soube que estavam tentando mudar essa cláusula, pois muitas mães que utilizam bicicletas e tem 2 filhos pequenos acabam tendo dificuldade de locomoção),
* Obrigatório uso de capacete para crianças, pedalando sozinhas, ou sentadas na cadeira infantil,
* Probido ouvir musica enquanto pedala
* Proibido usar o celular enquanto pedala
* Proibido usar guarda-chuva enquanto pedala, deverá usar capa de chuva,
* Ciclistas devem andar com a bicicleta no acostamento da rua, porém se o transito estiver perigoso, poderá usar a calçada,
* O trafego nas calçadas será permitido somente em alguns locais, geralmente sinalizado por placas,
* A preferencia é sempre do pedestre.
Nota da blogueira: Pode parecer meio chato ter tantas regras pra se andar de bicicleta, mas é uma maneira de organizar o transito e manter a segurança de todos. As bicicletas são registradas na Prefeitura no ato da compra, preenche-se um documento com os dados do dono da bicicleta. Isso não evita o roubo, mas facilita a polícia localizar o dono caso seja abandonada em algum lugar depois do uso ( alguns roubam para ir mais rapido de um lugar a outro e abandonam a bike depois ).

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Sakura


Lindo...um espetáculo de beleza, de curta duração, porém belíssimo... As flores de cerejeira florescem em meados de Abril, quando o frio dá uma trégua e o tempo morno nos avisa que a primavera chegou...Assim que florescem, durante uma ou duas semanas, a paisagem é tomada pela beleza das suas pétalas, famílias, amigos, colegas de trabalho e de escola, turistas, todos se ajeitam com suas cameras, e cestinhas de guloseimas para lanchar sob sua sombra...me sinto mais que parte da paisagem, me sinto a paisagem, como numa pintura...

Nihongo Noryoku Shiken continuacao..

4 meses de férias...muitas novidades , mas desta vez vim falar novamente do teste realizado todos os anos no primeiro domingo do mes de dezembro. Em fevereiro recebi o resultado do Teste de proficiencia nivel 3: Passed!! Fiquei radiante de felicidade... A partir desse ano, mais um nível foi incluido para preencher um ¨buraco¨que faltava...eu explico: até entao o exame tinha 4 niveis, do mais fácil( 4 ) para o mais difícil( 1 ). Atualmente os kanjis ( ideogramas japoneses ) mais usados e ensinados até o final do ensino médio aqui no Japão, se aproximam de 2.000 caracteres, dividos assim:
Nivel 4 : 100 kanjis, ortografia basica e aproximadamente 1000 palavras.
Nivel 3: 300 kanjis, e aproximadamente 2000 palavras.
Nivel 2: 1000 kanjis e aproximadamente 5000 palavras.
Nivel 1: 2000 kanjis e aproximadamente 10000 palavras.

Observem que do nivel 3 para o 2 há uma diferenca muito grande e havia uma dificuldade de passar para o nivel 2, o equivalente ao término do ensino fundamental aqui no Japão, e para isso de 4 niveis, agora existem 5! Isso quer dizer que o antigo 4 passou a nivel 5, o 3 passou a nivel 4 e o novo 3 é um intermediário para o nivel 2 que continua igual . Agora se chamam N5,N4,N3,N2 e N1.
Na minha opinião esse nível intermediário vai ser ótimo, pois pular de 300 para 1000 kanjis é complicado, dificil, e exige muitas horas de estudo e determinação.

Para quem está se preparando para prestar o exame esse ano, Boa Sorte! Eu tentarei novamente, dessa vez o N3.

Ps: não sou expert no assunto, apenas gosto de estudar os kanjis, por toda a sua história e significado. Quem quiser comentar ...おねがいします!